Dicas para escolher seu piso laminado

Compartilhe:

1. Tipo de encaixe: procure sempre pisos laminados com encaixe clic. Algumas marcas ainda utilizam encaixe tipo macho-fêmea com cola, o que é uma desvantagem na colocação, que se torna mais demorada. Pisos colados não aceitam manutenção, caso alguma régua sofra qualquer acidente inesperado no futuro, podem abrir frestas. No exterior, pisos que possuem este tipo de encaixe não são vendidos há mais de 10 anos.

2. Estrutura do piso laminado: Procure sempre pisos em HDF (fibra de alta densidade), tais como Durafloor.

3. Resistência: sempre preste atenção na resistência ao desgaste. Os pisos laminados possuem classes de resistência que vão desde AC3 até AC5, sendo AC3 para uso residencial e comercial leve e AC4 residencial e comercial moderado e AC5 residencial e comercial intenso. Isso determinará a durabilidade do piso laminado em relação ao tráfego do ambiente. 
a. AC3 – Durafloor New WayRitz 
b. AC4 – Durafloor Nature

4. Espessuras: As espessuras vão de 6mm até 10mm. Os pisos laminados mais espessos são geralmente mais estáveis e encorpados.

5. Superfície: alguns pisos laminados possuem superfícies lisas (AC3) enquanto os AC4 na maioria das vezes possuem visuais texturizados e diferenciados.

6. Garantia: todos os pisos laminados possuem garantia de fábrica, entretanto a garantia é relacionada a defeitos de fabricação somente. Problemas de umidade, contrapiso e instalação não são cobertos. A manta utilizada pelo lojista deve ser original e filmada para proteger seu piso de umidade.

7. Acabamento: não é só piso laminado que você precisa! Acabamento é essencial, procure escolher rodapés diferenciados. Se suas portas são brancas, os rodapés brancos de 10cm, 15cm e até 20cm conferem sofisticação ao seu ambiente.

Fonte: studiodopiso