Notícias

Voltar

Piso laminado: tudo o que você precisa saber

21/11/2017 Imagem retirada de https://www.terra.com.br/noticias/dino/piso-laminado-tudo-o-que-voce-precisa-saber,3b28474aa4153a9afe1734d7f82d7d87rkpqbmyj.html

1) Qual é a diferença entre pisos laminados e vinílicos?
Ambos são considerados "pisos laminados", pois são formados em camadas ou "lâminas". O piso laminado melanímico é composto por uma camada onde o substrato é feito de materiais derivados da madeira, como aglomerado e painel de madeira de alta densidade (HDF), com aplicação de resina melanímica que confere características especiais de resistências a esse tipo de substrato e lâminas de papel decorativo, com resistência à abrasão e balanço. Já o piso laminado vinilíco (LVT) é composto por materiais com base de PVC (policloreto de vinila). Da mesma forma que o melanímico, a camada superior recebe uma estampa decorativa. Ambos são oferecidos no mercado em réguas de diversos tamanhos, espessuras e padrões.

2) Quais os principais tipos de laminados?
Existem basicamente duas linhas de pisos laminados: pisos laminados de madeira e pisos laminados de alto tráfego cujas características são as seguintes:

- Pisos Laminados de Madeira - É um piso constituído de laminas de madeira com 7mm de espessura em larguras e comprimentos variados. A principal característica do produto é o de ser um produto de madeira natural e revestido com verniz. A opção por esta linha de produto normalmente se dá em função da beleza da madeira, onde cada régua tem o seu desenho e tonalidade exclusiva, formando no conjunto uma harmonia que a natureza criou. O verniz utilizado nos pisos de madeira laminada é de última geração com alta tecnologia e pode ter diferentes níveis de resistência a desgaste e riscos. É um piso para utilização em residências ou ambientes de tráfego leve. São de fácil instalação, limpeza e antialérgicos.

-  Pisos Laminados de Alto Tráfego - Tem como principal característica a sua resistência ao desgaste e riscos. São fabricados com base em HDF (micropartículas de madeira prensadas em alta densidade), revestidas com papel decorativo nos mais variados padrões. Estão disponíveis produtos para aplicação residencial e comercial. A fácil instalação e limpeza, a resistência à luz solar, riscos, manchas e brasas de cigarros, a vasta opção de padrões são uma solução prática para qualquer necessidade de decoração para ambientes residenciais e comerciais.

3) Qual é a opção mais durável e resistente ao tráfego de pessoas: laminado ou carpete de madeira?
Composto de lâminas de madeira natural e uma base de compensado, o carpete de madeira risca com facilidade e não suporta alto tráfego. Por isso, para áreas movimentadas, mesmo numa residência, prefira laminado. Feita de chapas de fibra de madeira prensadas, resinadas e revestidas de papel decorativo ou overlay, essa opção tem padrões de alta resistência à abrasão e a impactos. A Associação Brasileira de Normas Técnicas possui normas que classificam os revestimentos de pisos laminados melanímicos para uso doméstico e comercial, cada qual com níveis de tráfego baixo, médio e alto. Isso facilita a escolha do tipo mais adequado para cada caso.

4) É possível colocar piso laminado ou vinílico sobre tacos antigos?
Não é recomendada a instalação do piso LVT em contrapisos de madeira (tais como tábua corrida, parquet, taco, carpete de madeira e outros), pisos vinílicos, carpete têxtil ou outros pisos flutuantes. Nesses casos, os revestimentos devem ser retirados e uma nova base deve ser preparada. Já o piso laminado por ser instalado sobre qualquer superfície à exceção de carpete têxtil (forração) ou qualquer outro tipo de piso flutuante. Além disso, o piso laminado nunca deve ser instalado diretamente no contrapiso, seja ele qual for. Há necessidade da instalação de uma manta para uma boa acomodação do piso e isolamento acústico.

5) É possível colocar piso laminado sobre piso de cerâmica?
Sim. É possível instalar o piso laminado em ambientes com pisos de madeira, vinil, cerâmica, pedra e cimento, lembrando que o mesmo deve estar isento de irregularidades e umidade.

6) Qual o tempo de garantia dos pisos laminados?
O prazo de garantia dos pisos laminados refere-se, exclusivamente, a defeitos de fabricação dos produtos de acordo com especificações em normas nacionais e internacionais. É necessário que todas as recomendações de instalação, uso e limpeza contidas no certificado de garantia sejam seguidas criteriosamente. Para ambientes comerciais, a garantia é de até cinco anos. Já para as residências, o prazo é de 12 anos.

7) Existe piso com proteção contra cupim? Neste caso, qual a validade dele?
Sim. Todos os pisos Durafloor saem de fábrica com proteção anticupim. O agente cupinicida dura, pelo menos, cinco anos. Contudo, a manutenção correta do produto segundo as indicações do manual do Durafloor prolonga a vida útil do mesmo.

8) Qual o preço do metro quadrado do piso, em média?
Os valores dos pisos podem variar de R$ 60,00 a R$ 100,00 (o metro quadrado colocado).


Fonte: Terra